Vaquinha do bem – A história de Gisele e o Tio do Churros

Above view of large group of people joining hands in unity and looking ath the camera. Isolated on white.

A criação de vaquinhas online tem sido um ótimo recurso para ajudar pessoas. No site Vakinha possuímos diversas histórias que, por conta de diferentes circunstâncias, poderiam ter um final triste, mas que graças ao financiamento coletivo, a solidariedade e doações onlines de diversos colaboradores tiveram outro desfecho.

Nelson Luiz Ribeiro é o protagonista de uma destas histórias. Com 67 anos, trabalhava vendendo churros há mais ou menos 30 anos na cidade de Porto Alegre. O carrinho utilizado para as vendas ficava guardado em um estacionamento na Zona Norte da capital gaúcha. Com esta renda, o tio do churros, como é bastante conhecido, conseguia manter o sustento de sua família entre seus 5 filhos e sua esposa, que infelizmente faleceu de câncer há 3 meses.

Com uma rotina bastante puxada, o idoso fazia um trajeto de 2 horas em média para chegar até o local de trabalho, já que mora no município de Viamão (região metropolitana de Porto Alegre). Além disso, seu Nelson utiliza muletas para caminhar há 5 anos, por conta de um problema em sua perna causado após ser atropelado por um ônibus na rua ao transportar o carrinho de churros até o parque em que fazia suas vendas.

Infelizmente no dia 27 de junho deste ano, seu carrinho foi furtado do local onde ficava armazenado. Uma câmera de segurança do estacionamento registrou as imagens de um homem entrando no pátio e efetuando o furto. Por ser muito querido no Bairro e ter uma clientela bastante fiel, logo foi sentido o sumiço do Tio do Churros.

Ao ter conhecimento do caso, a publicitária Gisele Rebelo que é sua cliente há muitos anos, teve a iniciativa de criar uma vaquinha online para o Tio do Churros e divulgou essa corrente do bem em suas redes sociais. Além da ajuda no compartilhamento da campanha, muitos amigos se solidarizaram e contribuíram também.

O sucesso foi tanto que no primeiro dia de campanha foi possível atingir 100% da meta estipulada de R$500,00 e a mobilização não parou por aí. Em um mês de arrecadação, 279 pessoas colaboraram, totalizando o valor incrível de R$18.570,00 para que o Seu Nelson possa voltar vender os churros normalmente.

2017-09-13

A história do tio do Churros é mais um exemplo de vidas que podem ser mudadas com a ajuda do financiamento coletivo. E este é mais um case de sucesso que orgulha muito a equipe do Vakinha.  

E você, também está precisando de ajuda? Abra hoje mesmo sua vaquinha.

Botão crie sua vaquinha

Crie sua Vaquinha

Deixe uma resposta:

rodapé do site