Saiba como organizar uma vaquinha para projetos sociais

vaquinha para projetos sociais

É inegável a participação que a internet tem nas nossas vidas. E não é só das redes sociais que estamos falando. Seja para pagar contas, pedir comida, procurar emprego, utilizamos a nossa querida internet. Ela é uma aliada e tanto, principalmente para realizar coisas boas. E por que não ajudar pessoas por meio da rede?

Conhece um projeto bacana ou alguma pessoa carente que precisa muito de ajuda financeira para atingir um objetivo? Saiba que fazer o bem a alguém, utilizando um recurso tão básico do nosso dia a dia, é mais simples do que você imagina e tem um valor enorme na vida de quem precisa.

Se você ainda não sabe como funciona a vaquinha online ou tem dúvida sobre como fazer isso na prática, este artigo é para você! Preparamos um manual para você saber mais, mostrando o passo a passo de como fazer uma vaquinha para projetos sociais. Confira!

Conheça as vantagens da vaquinha online

Além da visibilidade —já que a ação na internet pode alcançar pessoas de todo o mundo —, fazer vaquinha para projetos sociais é uma forma segura em que todos acompanham os custos, o quanto foi arrecadado, qual o destino e quem está responsável pelo dinheiro.

Outro grande benefício é que você pode fugir da burocracia dos bancos e das altas taxas de juros que eles cobram quando faz empréstimos. Por falar em taxas, as que são cobradas pela arrecadação com doações não são abusivas e estão de acordo com o que é praticado pelo mercado.

Entenda bem o projeto

As pessoas só ajudam causas com as quais se sensibilizam, seja para projetos sociais, seja para objetivos pessoais. Como você está querendo criar algo de cunho social, deve saber exatamente qual é o seu objetivo e como contar a história da forma certa, para as pessoas entenderem que vale a pena o esforço e a ajuda delas. Você só conseguirá fazer isso envolvendo-se totalmente com a causa.

Defina sua meta

Apostou no projeto certo para fazer uma vaquinha? Agora você precisa colocar a mão na massa. Depois de saber como é exatamente o projeto, o ideal é traçar sua meta de ganho, que deve ser baseada no custo real que terá com as despesas e em quanto tempo você deverá arrecadar o dinheiro. Se for para custear uma cirurgia, por exemplo, atente para o prazo estimado entre a arrecadação, o saque e a data marcada para a operação.

Gere empatia nas pessoas

Uma história bem contada é capaz de passar ainda mais credibilidade para você atingir seu objetivo. Não adianta nada ter uma causa super nobre se você não souber envolver as pessoas, cativá-las e vender o seu peixe. Batalhar por um projeto significa que é hora de arregaçar as mangas, sem preguiça, pois você vai depender da boa vontade das pessoas.

Capriche no conteúdo que quer transmitir

Essa dica é um desdobramento do tópico anterior. Uma boa vaquinha para projetos sociais só terá sucesso se a mensagem for clara e transparente sobre o seu objetivo. A melhor forma é contar a história por meio de um vídeo curto e focado no que precisa ser dito. Geralmente, as pessoas têm preguiça — ou mesmo falta de tempo — de ler textos muito longos e, nesse sentido, um vídeo breve é um excelente aliado.

Lembre-se de que a imagem deve estar boa, mas não precisa ser profissional e que o áudio deve ser entendido claramente. Se não tiver um microfone, uma boa pedida é conectar o fone de ouvido. Se optar pelo texto mesmo, tenha atenção para ser conciso, bem elaborado e que utilize palavras que toquem as pessoas. E não abra mão de um título bem atrativo, que seja a cara do projeto.

Pergunte-se se a mensagem está clara

Não deixe as pessoas com dúvidas sobre o seu projeto. É muito ruim quando alguém entra no site procurando projetos para ajudar, vê uma postagem, mas não consegue entender direito qual é o objetivo daquela vaquinha. Você não vai querer desperdiçar a chance de ter uma boa ajuda por preguiça de fazer o negócio direito, não é mesmo?

Comece por quem está mais perto

Fez a vaquinha e não sabe como continuar? Que tal divulgar para as pessoas mais próximas a você? Como já dissemos, você é o responsável para que as pessoas comprem a sua ideia. É hora de ser “cara de pau” mesmo e pedir aos familiares e amigos uma forcinha nesse projeto.

Se puderem ajudar financeiramente, peça para que façam as primeiras doações pelo site. Isso ajuda a dar credibilidade e visualização para o projeto. Já para quem não puder contribuir com a doação, peça ajuda para compartilhar a vaquinha nas redes sociais com um texto bem bacana. Você pode até fazer um modelo e sugerir que postem seguindo o seu exemplo.

Divulgue nas suas redes sociais

Não é porque você criou a vaquinha para o projeto social que o trabalho acabou. Uma das suas tarefas é divulgar também nas suas redes sociais. Compartilhe o máximo que puder no Instagram, no Facebook, no Twitter e no WhatsApp.

No Vakinha, criar a sua campanha é muito fácil e intuitivo e compartilhá-la é mais fácil ainda. Criar uma vaquinha para projetos sociais é bem simples, e para inspirar você ainda mais vamos contar um case de sucesso do Vakinha, o da Aldeia Nissi.

A Aldeia Nissi, localizada em Kuito (Angola), foi criada em 2008, com o objetivo de ajudar crianças em idade escolar dessa região extremamente pobre. Com a ajuda das colaborações, atualmente mais de 1200 crianças podem estudar e fazer duas refeições na escola. A aldeia precisa de ajuda constante e, no momento, arrecada fundos para comprar kits de carteiras escolares (mesas e cadeiras) e segue com a segunda vaquinha que termina no final de junho.

Percebeu como você também pode ajudar muitas pessoas carentes e criar vaquinhas para projetos sociais? É muito fácil! É só seguir as instruções que demos acima, registrando-se gratuitamente no site do Vakinha. Bora começar? Crie sua Vakinha agora, nós ajudamos no que precisar!

Crie sua Vaquinha

Deixe uma resposta:

rodapé do site